POST---19-(DICA-DE-LEITURA)

Neuromarketing na Redação Publicitária

Hoje vamos dar uma dica de livro focado em redação. A neurociência e o neuromarketing são temas muito discutidos e com ainda maior força nos últimos anos. Isso devido a grande necessidade de se entender o que se passa na cabeça do consumidor levando-o a escolha de determinado produto/serviço.

A indicação para conhecer melhor esse universo é o livro “Neuromarketing aplicado à Redação Publicitária”, da autora Lilian S. Gonçalves. O livro aborda as descobertas feitas pelo neuromarketing e como argumentar utilizando suas aplicações nos anúncios publicitários, focadas na redação para atingir de forma certeira o subconsciente do seu público.

O livro auxilia no desenvolvimento de ações de marketing para aqueles que precisam definir melhor quem é o target, mapear comportamento do público e ainda saber qual a argumentação correta. A autora explica ainda que as respostas para as perguntas do marketing 3.0 estão na cabeça do consumidor.

Aqui vão algumas dicas:

  • Desperte os Neurônios-Espelho: Quando em suas campanhas o seu produto é consumido por outras pessoas, automaticamente quem vê também irá querer experimentar. Eles são o motivo pelo qual imitamos sem querer o comportamento dos outros.
  • Enalteça os marcadores somáticos: É necessário criar sensações únicas em seu consumidor. Pequenas ações marcam o seu público, desde a forma que foi atendido pelo vendedor, um cheiro que lembre a loja ou até mesmo uma temperatura. Basta descobrir quais são e enaltecê-las.
  • Injeção de dopamina: Essa é relativa a sensação que sentimos ao comprar algo. Permite que o corpo tenha uma similaridade com estar dopado e os neurônios se agitam mais.
  • Eficácia do Marketing Sensorial: O som do motor de um carro, o cheiro de um sanduíche, isso marca e desperta uma determinada emoção. E os textos quando descrevem perfeitamente seu uso, suas vantagens e transmitem a mesma sensação, conseguem atingir de forma certeira o seu target, ativando também os marcadores somáticos.

Além dessas dicas, ela ainda cita algumas características do texto publicitário, como discurso deliberativo, coesão textual, associação semântica, figuras de linguagem, uso da palavra “você”, precificação com algarismos 9 e apelos call-to-action.

Esse livro você já consegue encontrar em diversas livrarias. Leia e depois nos conte o que achou!

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer participar da discussão?
Fique a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>