O que é impressão 3D em resina líquida?

Já ouvimos falar muito de impressoras 3D, inclusive a técnica tem sido apontada como solução de problemas em várias áreas. Mas agora, avançando ainda mais, uma startup do Vale do Silício, a Carbon3D, divulgou o seu novo equipamento, o CLIP – Continuous Liquid Interface Production (Produção Contínua em Interface Líquida, em tradução livre). E o que essa nova invenção faz? Ela manipula luz e oxigênio fazendo emergir em poucos minutos um objeto a partir de um meio liquido.

A nova tecnologia atraiu olhares por ser um método que utiliza apenas poucos minutos para confeccionar um objeto. Métodos mais tradicionais como a impressão por camadas, levam horas ou até dias para finalizar o processo. Já o CLIP, além de reduzir o tempo, ainda imprime objetos inteiros com geometrias antes inalcançáveis.

Para explicar a impressão vamos falar de fotoquímica, então concentre-se para não se perder. Funciona assim: raios de luz passam por uma janela permeável ao oxigênio e então são projetados em uma resina líquida. Assim, a luz e o oxigênio controlam a solidificação dessa resina e então podem sintetizar novos materiais, tudo isso com uma precisão de ¼ da grossura de uma folha de papel.

Logos em 3D não é novidade, mas já ficamos com vontade de ter a nossa impressa assim.

O mercado está cheio de novidades. E você confere tudo isso aqui no nosso blog!

 

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer participar da discussão?
Fique a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>