Posts

Os 4 erros mais comuns ao fazer Marketing Digital, e como fazer certo!

Por: Welington Sousa / Adnews.com.br

O marketing digital e suas ferramentas têm como objetivo impulsionar marcas no meio online, gerando vendas, engajamento e até mesmo ampliando o número de visitas em um site. No entanto, parte do investimento nesta área pode ser desperdiçada devido à falta de conhecimento na hora de utilizar cada recurso existente no mercado.  Não se trata de um bicho de sete cabeças, mas o aprofundamento é essencial para ter êxito nas ações realizadas. Em cima disso, veja abaixo os quatro erros mais cometidos e as dicas para não cometê-los:

Erro 1: Comprar base de e-mails

Muitas marcas ainda buscam listas prontas de e-mail para fazer divulgações. Mas no momento digital em que vivemos essa opção vai na contramão de uma comunicação cada vez mais personalizada e assertiva, além de invadir a privacidade dos usuários que não permitiram receber tais comunicações. Isso tudo pode ficar ainda pior quando o remetente é denunciado como spam, gerando má reputação e queimando o IP utilizado. Para finalizar, o consumidor clica no opt-out e vai embora para sempre.

Como acertar?

A melhor forma de adquirir uma boa base de e-mail é construir estratégias para capturar o lead da forma correta, por meio de ofertas, e-books, conteúdos exclusivos e/ou pedindo o login via e-mail ou Facebook, por exemplo. Essa é a forma mais apropriada para garantir que o cliente deseja mesmo ser impactado pela marca, gerando assim o engajamento almejado, além de manter uma boa reputação.

Erro 2: Comunicações blast

Infelizmente, a maioria das marcas ainda se comunica com todos os clientes da mesma forma. Em algumas oportunidades até vale enviar a mesma comunicação para toda a base de e-mails, mas somente se for algo extensivo e relevante a todos. Entretanto, não faz sentido enviar uma promoção de biquínis para um homem, por exemplo. A palavra de ordem deve ser personalização.

Como acertar?

É muito importante tratar os clientes de forma segmentada, cada qual com as suas preferências destacadas. Indico sempre personalizar os documentos HTML, campanhas para as redes sociais, mensagens de SMS e etc.

Erro 3: Não fazer testes

Diversas marcas acreditam que conhecem tão bem seus públicos-alvo que acabam colocando no ar campanhas sem testarem ao menos uma vez. E o que acontece na maioria das vezes? O insucesso, já que cada público possui características peculiares e somente por meio de testes é possível ter mais certeza sobre qual abordagem funciona melhor.

Como acertar?

Para identificar as motivações de compra, cores ou promoções mais atrativas, realize testes A/B, que são os mais conhecidos e eficientes do mercado. Selecione uma parte do público, divida-o e aborde utilizando diferentes variáveis. O teste que apresentar melhor performance se confirma como a opção mais assertiva.

Erro 4: Não analisar os indicadores

É notável que alguns e-commerces ainda não aproveitam suas bases de dados para recomendar os produtos baseados nas preferências dos clientes. Um deslize comum é a falta de monitoramento dos indicadores que avaliam performance nas estratégias aplicadas. Ter a ideia de uma campanha, fazer o layout e enviar não é o suficiente.

Como acertar?

É preciso medir diariamente as regras de relacionamento e acompanhar as métricas de cada canal. No e-mail, por exemplo, contamos com as taxas de abertura e números de cliques. Nas redes sociais, com as impressões – que são as métricas oferecidas por esses canais para identificar quantas vezes uma mensagem foi impressa, já que o mesmo usuário pode fazer isso mais de uma vez –, além de engajamento, conversões e etc. O importante é ter sempre os números atualizados nas mãos para planejar novas ações.

Quer acertar sempre? Fique de olho nas tendências!

Por meio das novas tecnologias de recomendação, como por exemplo, abandono de carrinho e navegação, é possível acompanhar todo o comportamento e trajetória do usuário no site.  Também conseguimos identificar os interesses, preferências e hábitos para oferecer os produtos certos na hora certa, aproveitando o que de melhor cada canal (e-mail, social, push, SMS, etc) oferece.

Tags: marketing digitalartigotendências

 

 

Missão dada, Missão cumprida!

Missão dada, missão cumprida!

E é em torno de uma proposta ousada, mas ao mesmo tempo sofisticada, que a Lord já vem trabalhando há algum tempo o conceito de uma das melhores marcas de chopp do mercado atual. Além de oferecer produtos de altíssima qualidade, a Originale quer proporcionar aos seus consumidores mais exigentes, experiências e momentos inesquecíveis.

Missão dada, missão cumprida! Trazendo um toque moderno, mas ao mesmo tempo preservando a essência da marca, as campanhas da Originale tem sido um sucesso, dentro e fora do universo digital.

Confira mais trabalhos em nosso site:
www.lordpublicidade.com.br

Posts criação

 

Está no ar: Novo site da Tendência Nacional.

A Tendência Nacional, empresa de software aeronáutico, cliente da Lord, está de site novo.

O site foi desenvolvido com o objetivo de criar maior aproximação com o público e trazer mais informações da área através de seu blog, que é um ambiente voltado para a troca de informações.

No novo site os clientes da Tendência poderão ficar por dentro das novidades do mercado aeronáutico e saber mais informações sobre os seus produtos.

Acesse e confira: www.tendencianacional.com.br

O Futuro do Branding: 5 estratégias para o ambiente digital

A Internet é uma mídia muito democrática, e com tantas facilidades que ela nos proporciona no dia a dia, conseguir destaque nesse mercado não é tarefa fácil.

A marca, assim como no mercado “offline”, precisa ser forte e gerar empatia no consumidor. E, nesse contexto, entra a web participativa, que é a interação das pessoas com as marcas através das redes sociais, blogs e sites. O ponto principal dessa participação está no fato de que os consumidores querem uma resposta rápida para os seus problemas, ou ainda, comentam suas experiências ruins com grande número de pessoas. É por isso que os gestores de marketing e branding devem planejar bem as suas estratégias para acompanhar esse ritmo.

A marca na internet tem como principal característica criar experiência positiva e valorizar o usuário. Dessa forma, as empresas só sobrevivem na internet quando conseguem falar com seus consumidores de forma interativa. Mas para isso, é necessário criar uma estratégia de branding digital, ou de marketing digital cujo objetivo seja se relacionar com o consumidor.

Dentre as estratégias que podem ser utilizadas no ambiente digital, destacam-se:

1. Marketing de conteúdo nas redes sociais

Conteúdo relevante é o ponto principal para atingir um nível mais profundo no relacionamento com o cliente. Através de um conteúdo de qualidade você consegue compartilhar informações, contar sua história, benefícios e vantagens do seu produto, de uma forma mais atraente.

2. Site com essência da marca

O site deve oferecer um motivo relevante para que seja visitado pelo usuário. É um ambiente que precisa ter informações completas de seu produto ou serviço, e você também pode aproveitar para criar um blog com informações relevantes para troca de ideias com o público. Aproveite para colocar plugins sociais do facebook, twitter e google plus.

3. Marketing Viral

Uma estratégia que vem sendo muito utilizada no ambiente digital é o marketing viral. O intuito é criar um material multimídia que transmita algum tipo de sentimento aos usuários, para que seja rapidamente espalhado pela rede. O objetivo é promover seus benefícios e vantagens de uma maneira criativa e não interruptiva.

4. E-mail Marketing

Apesar de ser uma estratégia antiga, é uma ótima opção para uma comunicação segmentada e padronizada da sua marca, além de um custo muito menor.

5. Experiência de marca

Existem pessoas que consomem marcas e existem pessoas que querem viver a experiência da marca. Ações de lançamento de um produto são excelentes oportunidades para criar, no meio digital, uma experiência diferente, única, para o consumidor, fazendo com que o público grave ainda mais em sua cabeça determinada marca, exatamente pelo que ele viveu com ela em algum momento.

Diante de tudo isso, é importante ter consciência que as estratégias de marketing e branding digitais devem ser conciliadas com as tradicionais, pois uma comunicação integrada é muito mais benéfica à construção da imagem de uma marca.

Minha empresa precisa de um site?

Hoje em dia, com a importância do Facebook, estamos ouvindo muito por aí a frase: “Não quero mais ter um site, minha fanpage agora já é suficiente”. Será que é mesmo suficiente?

Nenhuma mídia substitui a outra, elas devem ser complementares. E isso faz parte da análise das estratégias de marketing digital, que deve compreender todos os espaços, assim como o público que pretende atingir e qual a melhor plataforma para colocar as informações que este público procura.

As mídias sociais são o ambiente onde as pessoas conversam, interagem, se relacionam em torno de algo em comum, é onde se constrói a intimidade. É através das interações que acontecem nelas que as pessoas vão parar no site de um empresa, que por sua vez, é lá que as marcas mostram sua credibilidade e sua estrutura.

Sendo assim, o site faz parte de uma estratégia maior que engloba diversos pontos de contatos com o público e nenhum desses pontos deve ser descartado.

Confira abaixo 5 motivos para você entender melhor a importância de ter um site:

  1. Posicione-se para os residentes da sua área: Os algoritmos do Google “leem” os nomes dos lugares no conteúdo de um site para mostrá-lo aos residentes próximos a você. Isso significa que a sua pequena empresa pode ter a mesma presença que as grandes, desde que o seu site possua SEO, links relevantes e um conteúdo de qualidade. Assim, o seu rankeamento será muito melhor.
  2. Construa uma comunidade: A utilização de fóruns e blogs dentro de um site são excelentes alternativas para criar uma conexão com os seus visitantes. Além disso, espaços para pesquisas de opinião e comentários são muito úteis para descobrir melhor as particularidades das necessidades do seu público.
  3. Crie conteúdo de qualidade: Artigos, vídeos e todo tipo de conteúdo relevante mostra ao seu público que você possui grande conhecimento em sua área de atuação, e isso, consequentemente, irá fazer com que te procurem por saberem que a empresa é perita no assunto em questão.
  4. Tenha o seu negócio aberto 24 horas por dia: Diferente do típico horário comercial de 8h às 18h, na internet o seu site está acessível a qualquer hora em todos os dias do ano, mostrando informações do seu produto/serviço e sobre sua empresa.
  5. Atualize seu portfólio a qualquer momento: Na internet você pode alterar o seu portfólio rapidamente e sem os gastos de um material impresso permitindo que os seus serviços estejam sempre atualizados, o que atrai mais clientes.

A lista é enorme e ainda vamos falar muito disso por aqui. Aproveite o assunto e dê uma conferida em nosso site, que está a nossa cara.

3 MOTIVOS PARA ADERIR AO GOOGLE+

Sabia que o Google Plus pode facilitar a sua vida? A rede social do Google, concorrente direto do Facebook, vem tomando espaço na internet e por isso listamos 3 motivos para você marcar presença no Google+.

1. Mecanismo de busca

O mecanismo de busca do Google Plus não é próprio e muito menos limitado, é nada menos que o Google, portanto integrado nesta rede social o melhor buscador da internet atual.

No Google Plus a pesquisa é aprimorada, você pode encontrar pessoas, termos que estão falando sobre o assinto que procura. Dessa forma divulgar e ganhar fãs através do conteúdo fica muito mais fácil.

Enquanto no Facebook tem o botão Like, o Google+ tem o botão +1 que quanto mais curtidas, mais +1’s tiver uma publicação, a classificação de um website no ranking dos resultados de pesquisa ganha maior importância no Google.

2. Author Rank

O Author Rank, o mecanismo de pesquisa avalia a autoridade que o autor tem para publicar determinado tipo de conteúdos. Todo o conteúdo na web será associado a conta no Google+. Quanto maior a autoridade do autor sobre um determinado assunto, quanto mais qualidade tiver o conteúdo publicado e quanto mais partilhado for melhor colocado fica pelo Author Rank, maior autoridade lhe confere o Google. Para isso insira um código HTML fornecida pela rede social nas páginas do seu website para identificar o artigo como sendo da sua autoria. O resultado é a publicação da fotografia do autor abaixo do conteúdo.

3. Hangouts

Um dos maiores motivos para o usar o Google Plus é o Hangouts. Nada menos que uma videoconferência que pode ser utilizada para entrevistas, discussões, reuniões de equipe ou para outras formas inovadoras e originais de interação com o público. Falar e ver ao vivo com até 10 pessoas ao mesmo tempo ativos por vídeo, pode estender para um número ilimitado de visitantes utilizando o YouTube. Ele ainda permite que você use outros aplicativos, durante os chats, além de compartilhamento de telas e Google Docs.

Social Media como estratégia para as marcas

As mídias sociais já estão intrínsecas no dia a dia das pessoas, e o número de usuários aumenta ainda mais com o avanço da tecnologia. São inúmeras plataformas que dividem a atenção do público e conquista cada vez mais anunciantes e agências. A partir disso, nota-se a necessidade de estudar e acrescentar estratégias nessa área para as marcas.

Como plataformas, as mídias sociais apresentaram melhorias em sua interação. O Facebook roda vídeos em sua página, o Twitter é utilizado como segunda tela da televisão para usuários fazerem seus comentários em tempo real, o YouTube usa outras mídias para divulgar seus canais de conteúdo. Todas conectadas, cada uma fazendo seu papel e, consequentemente, criando maior integração.

Isso acontece porque os consumidores dessas mídias, encontraram nelas uma oportunidade de emitirem suas opiniões e discutir sobre elas de uma forma mais rápida e de maior alcance, como pode-se notar em recente pesquisa do Google que revela que mais de 120 milhões de brasileiros estão conectados, enquanto a pesquisa da A.T Kearney aponta mais um dado informando que o brasileiro passa 58% do seu tempo na internet navegando em redes sociais.

Dentro dessa perspectiva, com alto alcance, grande número de usuários e intensa participação, social media se consolida como parte fundamental do planejamento realizado pelas marcas. É mais uma porta para agregar a divulgação e o bom relacionamento com a audiência de forma online, acessível e com maior facilidade de mensuração.

Viciados em internet: Brasileiros ocupam primeiro lugar em pesquisa

De acordo com uma pesquisa realizada pela ATKearney, empresa de consultoria de negócios, o Brasil é o país com maior número de viciados em internet.

A pesquisa foi realizada em julho deste ano, em todo o mundo, com uma amostra de mil consumidores e o resultado aponta que 71% da população brasileira navega na internet pelo menos uma vez a cada hora, sendo portanto, o maior indicador do mundo, seguido posteriormente da Nigéria (66%), África do Sul (61%) e Rússia (56%). A média de acesso global é de 51%.

Na mesma pesquisa, em uma outra categoria, a “Always Online”, o Brasil liderou novamente tendo 51% das pessoas que não desconectam em nenhum momento do dia, enquanto a média global gira em torno de 28%.

Para uma análise mais profunda, foi observado ainda quais as principais ocupações dos brasileiros na internet e o resultado foi que 58% das pessoas navegam nas redes sociais, 25% consomem entretenimento, 9% fazem compras e 8% realizam algum serviço. Para uma média global foi identificada uma média de 46% da população que ocupam o seu tempo na internet navegando em redes sociais, o que se é uma boa dica para os social medias de plantão.

No ar: Site Audiências Públicas

A Lord é uma agência de publicidade especializada na organização, divulgação e realização de audiências e reuniões públicas ambientais, com atuação em todo território nacional.

Nosso lema é a excelência criativa e além dos serviços de audiência pública realizamos planejamento, criação, produção e mídia de campanhas publicitárias aliado a ações de marketing digital, design, eventos, endomarketing, entre outros, de forma integrada, pois não há fronteiras na comunicação.

Atuamos em todo o território nacional há 9 anos e já são mais de 50 eventos realizados para algumas das mais conceituadas empresas do país.

Pensando nisso, criamos um espaço dedicado exclusivamente a este trabalho, trata-se do site AUDIÊNCIAS PÚBLICAS. Este é um ambiente onde disponibilizamos um pouco dos trabalhos já realizados. Além disso tem o BLOG AUDIÊNCIAS PÚBLICAS, um ambiente voltado para a troca de informações, onde você vai poder ficar por dentro das novidades do mercado de energia, notícias da área e os projetos nos quais estamos trabalhando.

Conheça! Acesse: www.audienciaspublicas.com.br